Mayo Clinic News Network

News Resources


Share this:

Posted by mayonewsreleases (@mayonewsreleases) · Apr 20, 2012

Anel de titânio, que acaba ser aprovado pela FDA, é o novo tratamento da Mayo Clinic para doença de refluxo gastresofágico

JACKSONVILLE, Flórida, 13 de abril de 2012 — A Clínica Mayo, em Jacksonville, Flórida, será uma das primeiras instituições de saúde dos Estados Unidos a oferecer um dispositivo, recentemente aprovado, para tratar a doença do refluxo gastresofágico (DRGE), também conhecida como refluxo gastresofágico, que pode levar a sérios problemas de saúde.

Alerta para vídeo-entrevista: Mayo Clinic News Blog traz materiais adicionais em vídeo, incluindo trechos de uma entrevista com o médico C. Daniel Smith, descrevendo o dispositivo e o procedimento.

A FDA (agência dos EUA que controla a comercialização de alimentos e medicamentos) aprovou, em março último, o dispositivo e o procedimento para tratamento de pacientes com DRGE, que continuam a sentir os sintomas do refluxo crônico, apesar de estarem sob tratamento por medicamentos.

A Clínica Mayo, na Flórida, foi um dos 14 centros de saúde de todo os Estados Unidos, que participaram do estudo clínico que levou à aprovação do dispositivo pela FDA.

"A Mayo tem sido um dos principais centros em tratamento de doenças do esôfago, especialmente a DRGE e nós temos a satisfação de oferecer esse novo tratamento a nossos pacientes imediatamente", afirma C. Daniel Smith, M.D., presidente do Departamento de Cirurgia da Clinica Mayo, na Flórida.
Na DRGE, os líquidos ou alimentos no estômago voltam para o esôfago, pela incapacidade de um músculo em formato de anel, situado entre a parte inferior do esôfago e a parte superior do estômago, de se fechar corretamente.

Se os medicamentos administrados para neutralizar o ácido estomacal não conseguem prevenir a DRGE, considera-se a realização de uma cirurgia que corrija esta falha. "Entretanto, entre 1,5 milhão a 2 milhões de pessoas desse grupo de pacientes candidatos à cirurgia poderiam se beneficiar de um tratamento que é muito menos complexo do que os procedimentos disponíveis", explica Daniel Smith. "O novo sistema vai oferecer uma opção de tratamento, há muito esperada, para um grande grupo de pacientes", ele diz.

Os resultados do estudo clínico que levaram à aprovação do dispositivo ainda não foram publicados. Mas, "os dados apresentados à FDA revelaram resultados admiráveis, quando comparados com outros tratamentos para a DRGE que foram pesquisados nos últimos 20 anos", diz o médico. "O sistema oferece controle eficaz da DRGE, com efeitos colaterais limitados e, portanto, um registro excelente de segurança".

O dispositivo implantado é um anel com minúsculas contas magnéticas de titânio, que é colocado entre a junção do estômago e o esôfago, funcionando como uma extensão mecânica do esfíncter esofágico inferior (o anel de músculo). A atração magnética entre as contas é forte o suficiente para manter o esfíncter fechado, impedindo o refluxo gástrico, mas fraco o suficiente para permitir a passagem de alimentos para o estômago, diz Daniel Smith. O dispositivo pode ser implantado através de métodos cirúrgicos minimamente invasivos.

Dr. Smith realiza cerca de 200 cirurgias relacionadas à DRGE por ano e tem utilizado muitos tipos de novos tratamentos nas últimas décadas. "Espero que esse dispositivo mude definitivamente o tratamento da DRGE em alguns pacientes que não conseguiram controlar o problema com medicamentos", diz.

O presidente do Departamento de Medicina Interna da Clínica Mayo de Jacksonville, Ken DeVault, M.D, também participou desse estudo e revela que tem "muitos pacientes que estão em busca de alguma coisa que substitua os medicamentos para refluxo, mas hesitam em se submeter a uma cirurgia tradicional para controlar o refluxo. Penso que esse procedimento pode muito bem ser uma alternativa atraente para aquele grupo".

Os médicos e cientistas da Clínica Mayo colaboraram com a Torax Medical no desenvolvimento do Sistema de Controle de Refluxo LINX e a Clínica Mayo licenciou esta tecnologia para a empresa em troca de participação. Drs. DeVault e Smith são consultores remunerados da Torax Medical.

Para mais informações sobre tratamento doença do refluxo gastroesofágico na Clínica Mayo de Jacksonville, Flórida, contate o departamento de Serviços Internacionais pelo telefone 904-953-7000 ou envie um email para intl.mcj@mayo.edu.

espanol spanish Spanish News Release

 

Have something to say? Please login or register to respond.