Mayo Clinic News Network

News Resources


Soledad Andrade (@soledadandrade) published a blog post · September 19th, 2013

Comunicado à imprensa

Mayo Clinic: 10 maneiras que o genoma humano pode afetar o diagnóstico e o tratamento de saúde

 

  1. Já influenciou as instruções nas bulas e rótulos dos medicamentos e o uso de alguns deles.O FDA (órgão que regulamenta a comercialização de medicamentos e alimentos nos EUA) mudou as instruções nas bulas e nos rótulos, doses e usos, com base em pesquisa genômica, incluindo uma droga essencial contra o câncer de mama.
  2. Dá certeza ao médico de que está prescrevendo o medicamento certo, na dose certa, para um paciente.Nem todas as pessoas podem tolerar ou metabolizar as mesmas drogas. A genômica mostra que alguns medicamentos não produzem efeitos ou podem fazer mal a certas pessoas, em vez de fazer bem. Por exemplo, uma em 10 pessoas não tolera o tratamento padrão para a síndrome do intestino irritável e precisa de uma medicação alternativa.
  3. Torna o desenvolvimento de novos exames médicos melhor e mais rápido.Já ajudou a desenvolver alguns testes novos para diagnosticar e tratar doenças e a evitar algumas terapias desnecessárias, como o teste para tratamento de distúrbios do humor.
  4. Ajuda a prevenir doenças.Pode indicar que você tem maior susceptibilidade a alguns problemas de saúde, de forma que você pode mudar seu comportamento e evitá-las. Por exemplo, as pessoas com risco de desenvolver diabetes podem modificar seu estilo de vida para reduzir o risco.
  5. Pode ajudar você ou um membro da família a lutar contra uma doença resistente a tratamento.Um exame genômico pode revelar uma alteração genética que indica um tratamento alternativo, bem-sucedido. Em um caso, a mutação levou à prescrição de uma droga contra o câncer de rim para tratar um câncer de mama.
  6. Pode ajudar a identificar uma doença não diagnosticada.Diagnósticos equivocados acontecem, algumas vezes, por causa de problemas relacionados a genes. A análise genômica pode produzir um diagnóstico correto, depois de meses ou anos de confusão. Por exemplo, a incapacidade genética de uma pessoa de produzir uma certa proteína pode imitar os sintomas de uma doença que a pessoa não tem.
  7. Pode ajudar a pessoa a selecionar os alimentos certos para seu sistema digestivo.A nutrigenômica pode ajudar a ajustar a dieta de uma pessoa a sua genômica e, assim, ajudar a evitar doenças digestivas, como a doença celíaca ou a de Crohn.
  8. Pode ajudar a encontrar a terapia certa para o câncer.O genoma de uma pessoa pode não responder a certas quimioterapias, mas os tumores cancerosos também têm seus próprios genomas modificados, o que precisa ser considerado na escolha do tratamento certo. Talvez a solução seja uma combinação de dois medicamentos.
  9. Pode ajudar a família a tomar decisões sobre a saúde e sobre o planejamento familiar.Uma análise genômica pode revelar problemas de saúde da família, que você pode querer levar em consideração antes de ter filhos. Em alguns casos, os dois genomas podem aumentar o risco de contrair certos distúrbios.
  10. As informações genéticas no histórico médico da pessoa irão ajudar os médicos a diagnosticar e tratar um paciente no futuro.A assinatura genômica individual de uma pessoa pode ser tão importante quanto seu tipo sanguíneo, na determinação de um tratamento ou nas decisões sobre os cuidados com a saúde.

 

Para mais informações, visite: http://www.mayoclinic.org/portuguese/.

###

Sobre a Mayo Clinic

A Clínica Mayo, entidade sem fins lucrativos, é um dos principais centros mundiais em tratamento de saúde, pesquisa e educação, para pessoas em todas as fases de sua vida. Para mais informações, em português, visite MayoClinic.org/portuguese eMayoClinic.org/news-portuguese.

Portuguese Portuguese news release Em Português

 

Have something to say? Please login or register to respond.