Mayo Clinic News Network

News Resources


Soledad Andrade (@soledadandrade) published a blog post · November 12th, 2013

Mayo Clinic: Opção menos invasiva é tão eficaz quanto a remoção do esôfago no combate ao câncer de esôfago em estágio inicial

JACKSONVILLE, Flórida — O uso de um procedimento endoscópico minimamente invasivo, para remover o câncer de esôfago superficial, em estágio inicial, é tão eficaz quanto a cirurgia para excisão e reconstrução do esôfago, de acordo com um estudo de pesquisadores da Clínica Mayo de Jacksonville, Flórida. A pesquisa, publicada na edição de novembro do jornalClinical Gastroenterology and Hepatology, examinou resultados nacionais do tratamento endoscópico, comparando-os com os daesofagectomia, a cirurgia para a remoção do esôfago.

ALERTA DE VÍDEO: Recursos em vídeo, incluindo entrevista com o gastrenterologista Michael Wallace descrevendo o estudo, podem ser obtidos no Mayo Clinic News Network.

 

A pesquisa mostrou que a terapia endoscópica oferece taxas de sobrevivência de longo prazo, similares às garantidas pela esofagectomia, diz o autor principal do estudo Michael Wallace, M.D., gastrenterologista da Clínica Mayo da Flórida.

"A ressecção endoscópica do esôfago é um procedimento similar ao da remoção de pólipos no cólon, embora seja bem mais complexa tecnicamente. A esofagectomia é um procedimento cirúrgico de grande porte, para retirar totalmente o esôfago e puxar o estômago para cima, para criar um novo tubo para a passagem dos alimentos", explica Michael Wallace.

"Nosso estudo sobre os resultados nacionais, bem como nossa própria experiência com o procedimento na Clínica Mayo da Flórida, sugerem que os dois procedimentos oferecem probabilidades de cura e de sobrevivência de longo prazo similares", ele diz. "Agora os pacientes têm a opção de preservar o esôfago, quando o câncer é diagnosticado em seu estágio inicial", explicou.

A pesquisa examinou os resultados nacionais dos dois procedimentos, em pacientes com adenocarcinoma do esôfago, o tipo mais comum de câncer de esôfago nos Estados Unidos. A equipe de pesquisa buscou informações no banco de dados da Vigilância, Epidemiologia e Resultados Finais (SEER – Surveillance, Epidemiology and End Results) do Instituto Nacional do Câncer.

Os pesquisadores identificaram 1.619 pacientes com adenocarcinoma do esôfago em estágio inicial, que se submeteram à terapia endoscópica (19%) ou cirurgia (81%), de 1998 a 2009. Muitos desses pacientes foram tratados de câncer proveniente doesôfago de Barrett, uma doença em que as células na parte inferior do esôfago transmutam para um estado pré-canceroso.

Os pesquisadores coletaram dados de sobrevivência até o final de 2009 e descobriram que a quantidade de terapias endoscópicas cresceu progressivamente — de 3% em 1998 para 29% em 2009 — e foi escolhida, com maior frequência, por pacientes mais velhos. Depois de ajustada para os fatores paciente e tumor, os pesquisadores concluíram que os pacientes tratados com endoscopia tiveram, em geral, um tempo de sobrevivência comparado com o da cirurgia.

"A terapia endoscópica para o câncer do esôfago em estágio inicial está se tornando um método aceitável para todos os pacientes com câncer de esôfago em estágio bem inicial", diz Michael Wallace. Ele explica que, por causa da complexidade do procedimento, essa terapia é geralmente oferecida por instituições médicas consagradas pela excelência em endoscopia, tais como a Clínica Mayo da Flórida, que tem uma ampla experiência em abordagem multidisciplinar da terapia endoscópica.

Entre os coautores do estudo estão os gastrenterologistas da Clínica Mayo Saowanee Ngamruengphong e Herbert Wolfsen, M.D.

O estudo foi financiado pela Fundação Mayo para Educação Médica e Pesquisa.

Para mais informações sobre tratamento de câncer do esôfago e outros tipos de câncer na Clínica Mayo de Jacksonville, Flórida, contate o departamento de Serviços Internacionais pelo telefone 1-904-953-7000 ou envie um email para intl.mcj@mayo.edu. Para mais informações em português, visitehttp://www.mayoclinic.org/portuguese/.

###

Sobre a Mayo Clinic

A Clínica Mayo, entidade sem fins lucrativos, é um dos principais centros mundiais em tratamento de saúde, pesquisa e educação, para pessoas em todas as fases de sua vida. Para mais informações, em português, visite MayoClinic.org/portuguese eMayoClinic.org/news-portuguese.

Em Português Portuguese Portuguese news release

 

Have something to say? Please login or register to respond.