• By Rhoda Madson

Cirurgiões ortopedistas possuem mais uma ferramenta para a artroplastia de joelho: a realidade aumentada

6 junho 2022
ARVIS augmented reality surgical tool

ROCHESTER, Minnesota — Para pessoas com dores severas de artrite nas articulações do joelho, a artroplastia de joelho é uma opção viável para melhoria da qualidade de vida. Os cirurgiões ortopedistas agora têm uma nova ferramenta para a artroplastia de joelho: a realidade aumentada.

Com esta tecnologia um cirurgião visualiza dados com óculos inteligentes especiais ou com um visor em um capacete, mantendo a visão do local cirúrgico. Os headsets de realidade virtual bloqueiam a visão dos usuários e dão a sensação de que a pessoa está em  outro lugar. É nesse sentido quea realidade aumentada difere  da realidade virtual.

“Pense em um piloto de caça em um avião que tem um visor em frente aos olhos que exibe dados eletrônicos sobre o que eles estão vendo no mundo real”, diz o Dr. Michael Taunton, cirurgião ortopedista especializado em artroplastia de quadril e joelho da Mayo Clinic. “Essa não é a realidade virtual que seus filhos usam quando jogam videogame com os olhos cobertos.”

A tecnologia de realidade aumentada sobrepõe conteúdo digital, como dados e imagens 3D, à visão do usuário. Os cirurgiões usam essas informações para serem precisos e receberem feedback em tempo real ao remover ossos e cartilagens e colocar um implante no joelho. Conforme a cabeça do cirurgião se move, o sistema move a informação no campo visual.

O Dr. Taunton diz que a realidade aumentada representa um passo além nas abordagens assistidas por computador. Nessas abordagens os  cirurgiões coletam dados da perna do paciente, os inserem em um computador e usam essas informações para ajudar a determinar a melhor maneira de remover a quantidade correta de osso, no ângulo correto, para o melhor ajuste e alinhamento. Utilizando este método, os médicos deixam por vezes de olhar para o paciente durante a cirurgia para olhar para o computador ou para as câmeras.

“Com a realidade aumentada, eu uso a navegação e sigo concentrado no paciente”, diz o Dr. Taunton. “Eu não preciso parar de olhar para ele. Em última instância, queremos reduzir os valores atípicos para que possamos fazer a artroplastia do joelho com mais eficiência e precisão.”

O Dr. Taunton realizou a primeira artroplastia de joelho com realidade aumentada na Mayo Clinic no outono de 2021. A tecnologia ainda não está disponível amplamente, mas a pesquisa continua sobre a possibilidade da realidade aumentada reduzir o tempo de cirurgia e de internação hospitalar, além de melhorar os desfechos dos pacientes.

A abordagem com realidade aumentada seria adequada para a maioria dos pacientes que passam pela primeira artroplastia de joelho, diz o Dr. Taunton. Mas, ela pode não ser adequada para pacientes com casos mais complexos ou aqueles que precisam de cirurgia de revisão.

Para obter mais informações sobre a realidade aumentada em artroplastias de joelho, acesse o link do podcast de perguntas frequentes em inglês na Rede de Notícias da Mayo Clinic.

###

Os jornalistas interessados em entrevistar o Dr. Taunton devem entrar em contato com Rhoda Madson, Relações Institucionais da Mayo Clinic, em newsbureau@mayo.edu.

Sobre a Mayo Clinic
A Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos comprometida com a inovação na prática clínica, educação e pesquisa, fornecendo compaixão, conhecimento e respostas para todos que precisam de cura. Visite a Rede de Notícias da Mayo Clinic para obter outras notícias da Mayo Clinic.

Contato de mídia:
Rhoda Madson, Relações Institucionais da Mayo Clinic, newsbureau@mayo.edu