• By Sharon Theimer

Insuficiência ventricular esquerda, a condição silenciosa que pode ser fatal

10 agosto 2022
imagem de um coração e ritmo de batimentos cardíacos

Rochester, Minnesota—Insuficiência ventricular esquerda é o nome médico para um bombeamento cardíaco fraco. É uma condição que impacta cerca de 9 por cento das pessoas acima de 60 anos. Dr. Paul Friedman, cardiologista da Mayo Clinic em Rochester, explica a condição e como ela pode ser diagnosticada e tratada.

A insuficiência ventricular esquerda pode ser uma condição silenciosa e potencialmente mortal.

"O que é terrivelmente importante é que ela pode existir sem sintomas e provocar coisas ruins: morte, falta de ar, desmaios e hospitalização".

Dr. Friedman diz que se ela for conhecida, há muitas opções de tratamento.

“Há muitos tratamentos poderosos que ajudam o bombeamento cardíaco a recuperar a força e  prolongam a vida”, diz o Dr. Friedman.

As evidências sugerem que quanto mais cedo a condição puder ser identificada, melhor.

“Nosso objetivo é ajudar pessoas a identificar essa condição e se as circunstâncias os colocam em risco elevado. ”

E isso não significa necessariamente ir a um centro médico para fazer um exame de triagem.

“O que nós demonstramos é que é possível fazer a triagem dessa condição apenas verificando um eletrocardiograma (ECG) no seu relógio em casa.”

Alguns smartwatches (relógios inteligentes) são capazes de medir o ritmo cardíaco por meio de um ECG.

“É realmente surpreendente pensar no fato de que um dispositivo de uso pessoal que você compra na loja e usa no pulso pode identificar a presença de uma possível condição assintomática e com risco de vida”, diz o Dr. Friedman.

Os fatores de risco para a insuficiência ventricular esquerda incluem idade, diabetes, pressão arterial elevada e determinados medicamentos.

###

Jornalistas: o vídeo com qualidade de transmissão (1:10) está nos downloads no fim da postagem em inglês. Inclua: Cortesia da “Rede de Notícias da Mayo Clinic.”

Sobre a Mayo Clinic
A Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos comprometida com a inovação na prática clínica, educação e pesquisa, fornecendo compaixão, conhecimento e respostas para todos que precisam de cura. Visite a Rede de Notícias da Mayo Clinic para obter outras notícias da Mayo Clinic.

Contato de mídia:
Sharon Theimer, Relações Institucionais da Mayo Clinic, newsbureau@mayo.edu