• By Sharon Theimer

A Mayo Clinic anuncia planos para expandir os serviços de Terapia por feixe de prótons

31 agosto 2021
Ilustração de feixe de prótons

ROCHESTER, Minnesota - Para atender à crescente demanda por tratamentos de câncer, a Mayo Clinic anuncia uma expansão de mais de 10 mil metros quadrados e $200 milhões de dólares para o Programa de Terapia por Feixe de Prótons da Mayo Clinic em Rochester.

“A radioterapia com prótons proporcionou grandes avanços tecnológicos no tratamento do câncer, permitindo uma terapia de radiação poderosa para atingir o câncer de forma precisa e superior à terapia de radiação tradicional”, diz a Dra. Nadia Laack, chefe do Departamento de Radio-oncologia da Mayo Clinic em Rochester.  

“Quando for inaugurada em 2025, a instalação expandida contará com duas novas salas de tratamento, além das quatro salas de tratamento em operação atualmente e melhorias de acesso para pacientes que necessitam da terapia com prótons”, diz a Dra. Laack. Ela diz também que a instalação ampliada também terá um único saguão de entrada e balcão de atendimento, e oferecerá aos pacientes de radioterapia e suas famílias uma experiência perfeita.

O Programa de Terapia por Feixe de Prótons da Mayo Clinic usa a varredura com feixe em forma de lápis, que permite aos profissionais fornecer radioterapia de forma precisa no tecido canceroso e reduzir as doses de radiação no tecido saudável, além da toxicidade posterior e os efeitos colaterais negativos para os pacientes que recebem tratamento. A Dra. Laack diz que essa terapia altamente direcionada é ideal para pessoas com tumores localizados na proximidade ou no interior de órgãos vitais. 

“A disponibilidade da Terapia por feixe de prótons permite que os médicos da Mayo Clinic e a equipe de rádio-oncologia forneçam inovação contínua no tratamento do câncer e planos de tratamento individualizados para os pacientes”, disse a Dra. Laack. “Uma extensa pesquisa provou que a Terapia por Feixe de Prótons é eficaz e produz o mínimo de efeitos colaterais para pacientes com certos tipos de câncer. Os pesquisadores da Mayo Clinic participaram da elaboração de mais de 300 artigos já publicados sobre terapia de prótons e a pesquisa continua.”

“O Centro de Câncer da Mayo Clinic está entusiasmado com o apoio institucional para a expansão, que é essencial para o Programa de Terapia por Feixe de Prótons. Como líderes mundiais na Terapia por feixe de prótons e no desenvolvimento de novas terapias de radiação de partículas, temos o compromisso de fornecer os mais avançados tratamentos de câncer a todos os nossos pacientes”, diz a Dra. Cheryl Willman, diretora dos Programas de Câncer da Mayo Clinic e do Centro de Câncer da Mayo Clinic

A expansão será construída no lado leste do Edifício Eisenberg e anexada ao Edifício Jacobson. A expansão terá dois andares de subsolo, um andar de saguão de entrada e o primeiro andar, construída de forma a permitir futuras expansões. 

A preparação do local tem previsão de início em novembro, com projetos que incluem a realocação de túneis de serviços e passarelas para pedestres. O início da construção está programado para o final de 2022, com a meta de iniciar o tratamento a pacientes no final de 2025. Os serviços existentes de Terapia por feixe de prótons continuarão disponíveis durante a construção.

A Mayo Clinic está investindo 200 milhões de dólares no projeto de expansão, incluindo os custos da construção, do equipamento de feixe de prótons e das passarelas. Uma vez aberta, a instalação expandida deverá tratar um adicional de 900 pacientes ao ano e criar 117 novos empregos em diversas funções.  

O Centro de Câncer da Mayo Clinic é o único Centro de Câncer com três unidades qualificado pelo National Cancer Institute. Cada uma das instalações de feixe de prótons da Mayo Clinic em Rochester e Phoenix abriga seu próprio acelerador de partículas que leva os prótons quase à velocidade da luz antes de distribuir radiação para tratar os pacientes com tumores.Há também planos em andamento na Mayo Clinic em Jacksonville para a criação de uma instalação onde as Terapias por feixe de prótons e íons de carbono serão oferecidas aos pacientes. A terapia por feixe de prótons estará disponível no começo de 2026. A Mayo Clinic na Florida será a primeira unidade de tratamento com íon de carbono na América do Norte e será aberta em 2027. 

### 

Jornalistas: trechos de áudio com qualidade para transmissão com a Dra. Nadia Laack encontram-se na seção de downloads, no fim da publicação em inglês. Cortesia: Dra. "Nadia Laack, Chefe do Departamento de Radio-oncologia da Mayo Clinic."

Sobre a Mayo Clinic

A Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos comprometida com a inovação na prática clínica, educação e pesquisa, fornecendo compaixão, conhecimento e respostas para todos que precisam de cura. Visite a Rede de Notícias da Mayo Clinic para obter mais informações sobre a Mayo Clinic. Para obter informações sobre a COVID-19, incluindo a ferramenta de rastreamento Mapa do Coronavírus (Coronavirus Map) da Mayo Clinic, que tem previsão de 14 dias sobre as tendências da COVID-19, visite o Centro de Recursos para COVID-19 da Mayo Clinic.

Contato de mídia:

Joe Dangor, Relações Institucionais da Mayo Clinic, newsbureau@mayo.edu