• By Sharon Theimer

O que você pode comer para ajudar a evitar a formação de cálculos renais

6 outubro 2021
tomates frescos na videira sobre uma mesa ou balcão da cozinha

Estima-se que uma em cada dez pessoas terão um cálculo renal ao longo da vida. Os cálculos renais não são apenas dolorosos, eles também podem levar a sérias complicações que podem exigir hospitalização ou até mesmo cirurgia. A boa notícia é que é possível evitar os cálculos renais e a prevenção é tão simples quanto comer os alimentos certos.

O Dr. Ivan Porter II, nefrologista na Mayo Clinic, explica como adotar uma dieta apropriada para prevenir os cálculos renais. “O mais importante quando pensamos em cálculos renais é a prevenção,” afirma o Dr. Porter.

Um plano de prevenção sólido inclui pensar nos tipos de alimentos que você está consumindo. Dr. Porter afirma que frutas e vegetais com alto teor de água, como o pepino, o tomate e a melancia, também possuem citrato natural.

Estes elementos são inibidores naturais da formação de cálculos e podem fazer parte de um plano de prevenção de cálculos para ajudar a prevenir a formação de cálculos renais,” afirma o Dr. Porter.

Isso é tão importante quanto pensar sobre os alimentos que você não deveria consumir.

“Sabemos que as fontes de proteína animal estão diretamente associadas a um maior risco de formação de cálculos. Uma maneira de evitar ainda mais a produção de cálculos talvez seja limitar o consumo de carne a uma quantidade menor,” afirma o Dr. Porter.

Certos alimentos com alto teor de oxalato, como o espinafre e o ruibarbo, também devem ser restringidos.

“Muitas folhas verdes que realmente são boas para você podem ter um impacto negativo sobre os cálculos. E uma maneira de combater isso seria por meio da ingestão de um pouco de cálcio na dieta juntamente com estas refeições. Portanto, adicionar um pouco de queijo por cima do espinafre pode ser uma boa ideia”, afirma o Dr. Porter.

###

Sobre a Mayo Clinic

A Mayo Clinic é uma organização sem fins lucrativos comprometida com a inovação na prática clínica, educação e pesquisa, fornecendo compaixão, conhecimento e respostas para todos que precisam de cura. Visite a Rede de Notícias da Mayo Clinic para obter mais informações sobre a Mayo Clinic. Para obter informações sobre a COVID-19, incluindo a ferramenta de rastreamento Mapa do Coronavírus (Coronavirus Map) da Mayo Clinic, que tem previsão de 14 dias sobre as tendências da COVID-19, visite o Centro de Recursos para COVID-19 da Mayo Clinic.

Contato de mídia:

DeeDee Stiepan, Relações Institucionais da Mayo Clinic, newsbureau@mayo.edu